Curso EAD de Registro de Candidaturas

Eleições 2020

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, sob a coordenação da Escola Judiciária Eleitoral (EJESC), abriu inscrições para o curso “Registro de Candidaturas para Partidos Políticos”.

Oferecido deste 2018, o curso objetiva orientar as representações partidárias na etapa do registro de candidaturas para as Eleições 2020. Apresentará orientações gerais, questões relacionadas às convenções partidárias, utilização do sistema CANDex para preenchimento e envio dos pedidos de registro, e o processamento desses pedidos na Justiça Eleitoral.

O conteúdo foi revisado e adaptado pela EJESC, em parceria com a Coordenadoria de Eleições do TRE-SC, a partir da atualização do curso oferecido em 2018 e do material produzido pelo projeto de colaboração nacional das Escolas Judiciárias Eleitorais.

Possui carga horária de 15h e é apresentado no formato autoinstrucional, quando o curso é oferecido sem a presença de tutores. Aos participantes que acessarem integralmente os conteúdos serão emitidos certificados, disponíveis, ao final do curso, na própria página do EaD.

Para se inscrever e acessar o curso, basta clicar neste link [1] ou através da página da EJESC, [2] no site do TRE-SC. Caso o aluno ainda não tenha participado de nenhum curso da Escola Judiciária Eleitoral, será necessário “criar uma conta”, confirmar seu cadastro por e-mail e, por fim, inscrever-se, na plataforma, no curso intitulado “Registro de Candidaturas: Partidos Políticos”.

Está também disponível um vídeo sobre o uso do sistema Candex, no canal do TRE/SC, no YouTube. Esse vídeo é acessado por este link [3] e pode ser visualizado mesmo pelos que não tenham se inscrito no curso.

Seção de Partidos Políticos e Apuração de Eleições
TRE-SC

Links

[1] https://apps.tre-sc.jus.br/moodle25/course/view.php?id=77
[2] http://www.tre-sc.jus.br/o-tre/escola-judiciaria-eleitoral/capacitacao-1
[3] https://www.youtube.com/watch?v=LCVFU5Hfp4w

Junte-se a nós nesta homenagem 😉

#JustiçaParaMarielleEAnderson

Em 27 de julho, Marielle Franco completaria 41 anos. Nesta data especial, não podemos deixar de celebrar a sua memória e reforçar o nosso grito por JUSTIÇA! Em nome de seu legado, nossa mobilização em busca de justiça, segurança e proteção das defensoras e defensores de direitos humanos precisa continuar.

No início deste ano, quando se completou dois anos do assassinato de Marielle e do seu motorista, Anderson Gomes, fomos às ruas e ocupamos as redes sociais com a mensagem “Eu também quero saber”. Essa mensagem foi estampada em uma camiseta e em vários lugares, físicos e virtuais, para exigir justiça por Marielle e Anderson.

Ao lado do Instituto Marielle Franco, de Mônica Benício, nossos apoiadores e doadores, artistas, movimentos e organizações, voltamos a pressionar o Governador do Rio, Wilson Witzel, e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro para darem respostas para este crime brutal.

Hoje, junto a você, queremos prestar uma homenagem à Marielle, uma mulher negra defensora de direitos humanos que se destacou por denunciar violações dos direitos de jovens negros, mulheres, moradores de favelas e de pessoas LGBTQ+. Marielle sempre foi gigante no combate às violações de direitos humanos cometidas por policiais em serviço, além das execuções extrajudiciais.

Faça uma homenagem à Marielle! Clique na foto, compartilhe esse mosaico nas redes e assine a nossa petição! Caso já tenha assinado, marque seu amigo ou sua amiga para somar nesta luta.

Marielle segue viva dentro de nossos corações e, em sua memória, não deixaremos de ter esperança de lutar, de resistir e de exigir #JustiçaParaMarielleEAnderson!

Com esperança,
Diretora executiva da Anistia Internacional Brasil

Atualizações importantes sobre a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) do Brasil

Lei Geral de Proteção de Dados

A LGPD do Brasil é uma nova lei de privacidade que se aplicará a empresas (dentro e fora do Brasil) que processam dados pessoais de usuários nesse país. Ela provavelmente entrará em vigor em 16 de agosto de 2020, mas a data ainda está sendo definida pelo governo brasileiro.

Atualização dos termos

O Google já oferece termos de proteção de dados de acordo com o Regulamento geral de proteção de dados (GDPR) da Europa e a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA). Atualizaremos nossa política atual para incluir os termos específicos da LGPD. O status do Google como controlador ou processador em cada produto será o mesmo nos termos da LGPD e do GDPR. Os termos da LGPD serão incorporados aos termos de proteção de dados existentes, então não será preciso aceitá-los se os termos atuais já fizerem parte do seu contrato. Para conhecer melhor nossos termos de proteção de dados e saber em quais produtos eles precisam ser aceitos, consulte este link.

Recursos do produto

Além dos termos atualizados da LGPD, vamos oferecer controles de produto para ajudar nossos clientes a se manter em conformidade. Veja mais informações sobre os recursos de produto que ajudarão a cumprir a LGPD neste artigo. Se você achar que está no escopo dessa lei, fale com seu advogado e avalie se é necessário fazer mudanças.

Acesse privacy.google.com/businesses para saber mais sobre as políticas de privacidade de dados do Google.

Equipe do Google Ads

GAECO de SC está cumprindo nove mandados de busca da operação Falso Negativo

Gaeco MP Santa Catarina

GAECO de SC cumpre nove mandados da operação “Falso Negativo”, deflagrada pelo Ministério Público do DF.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) está cumpriu na manhã de 2 de julho, 74 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em 7 estados (SP, ES, RJ, BA, GO, SC, PR), que foram deferidos pela Justiça Criminal de Brasília.

Os nove mandados em Santa Catarina estão sendo cumpridos em empresas e residências em Joinville, Balneário Camboriú, Navegantes e Ilhota. Essas medidas decorrem de uma investigação iniciada no GAECO/MPDFT que apura ilegalidades praticadas em contratações que envolvem testes para detecção da covid-19.

De acordo com as investigações, existem fortes indícios de superfaturamento na aquisição dos insumos e evidências de que marcas adquiridas seriam imprestáveis para a detecção eficiente da covid-19 ou de baixa qualidade nessa detecção. O somatório do valor das dispensas de licitação sob investigação supera R$ 73 milhões.

O GAECO/MPDFT contou com o apoio dos seguintes órgãos:

  • CENTRO DE PRODUÇÃO ANÁLISE, DIFUSÃO E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (CI/MPDFT);
  • POLÍCIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL (CECOR/DF);
  • COORDENADORIA DE SEGURANÇA E INTELIGÊNCIA DO MP/RJ;
  • GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DO RIO DE JANEIRO – MP/RJ;
  • GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DE SÃO PAULO – MP/SP;
  • GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DO ESPÍRITO SANTO – MP/ES;
  • GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DA BAHIA – MP/BA;- GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DE GOIÂNIA – MP/GO;
  • GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DE SANTA CATARINA – MP/SC;
  • GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DO PARANÁ – MP/PR.

Fonte: MP/SC

[Vídeo] Assista online a minissérie da History “Eu Conheci Jesus”

Esta série relembra a vida de Jesus Cristo de uma forma nunca antes vista: cada episódio nos mostra suas passagens mais importantes sob a ótica dos homens e mulheres mais próximos a ele: José, João Batista, Maria, Judas, Pôncio Pilatos, Maria Madalena e Pedro. Clique nos links dos episódios e assista pelos streaming das nuvens do Mega.

Episódio #1

Episódio #2

Episódio #3

Episódio #4

Episódio #5

Episódio #6

Episódio #7

Episódio #8

Chega de mortes pela Covid-19! Entre em ação agora

Chega de mortes pela Covid-19

Cada dia que passa temos que lidar com muita tristeza e indignação com o aumento do número de casos positivos e mortes pela Covid-19 em nosso país. Já são mais de um milhão de pessoas contaminadas e quase 60.000 mortes na pandemia. Números que são vidas! Esse triste quadro não nos impede de lutar, pelo o contrário: nosso propósito é lembrar que mortes evitáveis têm responsabilidades atribuíveis e que as autoridades devem agir imediatamente para salvar a vida de milhões de pessoas no Brasil. Nos ajude a pressionar as autoridades por medidas urgentes de combate à Covid-19!

CLIQUE AQUI E ENVIE SEU E-MAIL DE PRESSÃO

Desde maio, mais de 4.500 pessoas  entraram em ação e enviaram para o Presidente Jair Bolsonaro, o vice presidente, Hamilton Mourão, os ministros do atual governo, o presidente da FUNAI e todos os governadores e prefeitos das capitais do país a agenda de recomendações que construímos ao lado de mais de 30 organizações e movimentos sociais dentro da campanha NOSSAS VIDAS IMPORTAM.

Essa agenda propõe uma lista de medidas para que as autoridades no Brasil adotem de maneira urgente e coordenada para responder a esta crise, garantindo os direitos à vida e à saúde de todos e todas, sem deixar ninguém para trás.

A pandemia afeta todos e todas, mas os riscos para grupos em situação de vulnerabilidade são maiores. Esta crise expõe as desigualdades existentes no país e coloca o Sistema Único de Saúde sob forte pressão. Por esse motivo, peço que você, Dialison, nos ajude a pressionar!  Clique no botão abaixo para lotar a caixa de e-mail das autoridades exigindo medidas urgentes para proteger a todos e todas, de maneira adequada e inclusiva.

PRESSIONE AS AUTORIDADES

É urgente a adoção de medidas específicas que garantam de forma adequada a proteção das pessoas que vivem em favelas e periferias, pessoas em situação de rua, população negra, pessoas em privação de liberdade (incluindo adolescentes e jovens no sistema socioeducativo), mulheres (cis e trans, especialmente as negras e indígenas), povos indígenas, comunidades quilombolas, povos e comunidades tradicionais do campo, da floresta e das águas, trabalhadoras e trabalhadores autônomas e autônomos (especialmente informais), população LGBTQI, migrantes e refugiados, crianças, adolescentes e idosas e idosos dos diferentes grupos. Eles e elas somam suas vozes a nossa e dizem: NOSSAS VIDAS IMPORTAM!

Ajude-nos a levar esta mensagem às autoridades.

Por mais direitos e com esperança.

Eu Conheci Jesus, uma minissérie da History

Eu Conheci Jesus

Esta série relembra a vida de Jesus Cristo de uma forma nunca antes vista: cada episódio nos mostra suas passagens mais importantes sob a ótica dos homens e mulheres mais próximos a ele: José, João Batista, Maria, Judas, Pôncio Pilatos, Maria Madalena e Pedro.

Do dia 18 a 21 de abril de 2020, quinta-feira a domingo, o History apresentou sua megaprodução Eu Conheci Jesus (Jesus: His Life), uma minissérie de quatro partes e oito horas de duração, que explora a vida de Jesus Cristo por meio de uma perspectiva única: a dos personagens que estiveram relacionados com Ele e que tiveram um papel fundamental em sua vida.

Cada um dos oito episódios – serão exibidos dois por noite – é contado do ponto de vista das figuras bíblicas que conheceram Jesus (Greg Barnett) pessoalmente, entre elas, Sua mãe, a Virgem Maria (Houda Echouafni), e Seu pai, José (Ramin Karimloo), João Batista, Caifás (Gerald Kyd), Judas (Abhin Galeya), Pôncio Pilatos, Maria Madalena (Cassie Bradley) e Pedro (John Hopkins). Cada personagem guia os telespectadores em relatos épicos e emocionantes do homem mais famoso da história, desde seu nascimento, morte e ressureição, mesclando ficção e entrevistas com importantes religiosos e historiadores.

Com base em textos bíblicos e reunindo grandes especialistas em teologia e líderes religiosos mais respeitados do mundo, a série combina os evangelhos canónicos, fontes históricas e contexto cultural para recriar um relato completo de Jesus, o homem e o messias. Eu Conheci Jesus propõe uma viagem a um mundo complexo e dramático de reis, políticos, reformadores e soldados, em uma luta de poder turbulenta, durante uma época de mudanças revolucionárias, levando os telespectadores a descobrirem fatos jamais contados.

Além da forma reveladora de retratar a história de Jesus pelos olhos das principais figuras em Sua vida, em Eu Conheci Jesus especialistas religiosos e historiadores expõem e questionam alguns dos tradicionais relatos apresentados nos principais textos bíblicos e nos evangelhos santos – como a verdadeira história dos reis magos, o local de nascimento de Jesus e a verdadeira relação entre Ele e João Batista.

Com este evento de quatro dias, o History compartilha uma perspectiva única sobre Jesus, uma história que todo mundo acredita conhecer, mas se surpreenderá a vê-la através dos olhos desses míticos personagens bíblicos. A produção explora ângulos únicos e relatos fascinantes e pouco conhecidos sobre a biografia do Homem mais influente de nossa história e sobre o tempo em que Ele viveu”, afirma Miguel Brailovsky, VP Sênior de Conteúdo do History Latin América.

Esta produção original do History foi um sucesso em sua estreia nos Estados Unidos, alcançando um total de 1,9 milhão de telespectadores em sua primeira noite, transformando Eu Conheci Jesus na melhor estreia de uma minissérie do canal. (Fonte: Nielsen Media Research, L + SD 000s, 25/3/19.)

Com mais esta estreia na América Latina, o History apresenta novamente um evento de grandeza para a Semana Santa e segue sua tradição de exibir grandes produções em uma das datas religiosas e bíblicas mais importantes da história.  Alguns exemplos são A Igreja Oculta, 2017, e A Bíblia Proibida,2016 (ganhadora do premio Martin Fierro de TV a cabo como melhor documentário em 2017); o filme Barrabás, 2014, estrelado pelo ator Billy Zane; A Bíblia, 2014, reconhecida minissérie produzida por Mark Burnett e Roma Downey (um docudrama épico que recriou em dez episódios os livros sagrados do judaísmo e do cristianismo, indicado a três prêmios Emmy e vencedor de um prêmio Key Art Award); o documentário Em Busca do Rosto de Jesus, 2013; 15 especiais sobre Jesus Cristo e sua vida, apresentados em 2012; o documentário Crucificação, 2011; e o revelador documentário O Verdadeiro Rosto de Jesus, 2010.

Eu Conheci Jesus

Um grupo diverso de eruditos, líderes religiosos e teólogos de todo os espectros ideológicos participaram na minissérie e contribuíram para oferecer com um panorama completo da vida e dos tempos em que Jesus viveu. Entre eles:

  • Robert Cargill – Professor adjunto de Judaísmo, Cristianismo e Clássicos, Universidade de Iowa.
  • Joel Osteen – Pastor Principal de Lakewood Church, autor do Bestselling New York Times e produtor executivo.
  • Christena Cleveland – Professora Associada, Duke University Divinity School.
  • Bispo Michael Curry – Bispo Presidente e Primaz da Igreja Episcopal.
  • Nicola Denzey Lewis – Professora do Departamento de Religião, Claremont Graduate University.
  • Joshua DuBois: Autor e Diretor Executivo de Values Partnerships e Diretor do Escritório de Sociedades de Fé e Vizinhança da Casa Branca do presidente Obama.
  • Rabino Joshua Garroway – Professor Associado de Cristianismo Primitivo e da Segunda Commonwealth, Hebrew Union College.
  • Mark Goodacre – Professor do Departamento de Estudos Religiosos, Duke University.
  • Nyasha Junior – Professora Associada de Bíblia Hebraica, Temple University.
  • Mark Leuchter – Professor e Diretor de Estudos Judaicos, Temple University.
  • Kimberly Majeski – Professora Associada de Estudos Bíblicos e Ministérios Cristãos, Universidade Anderson.
  • Padre James Martin, S.J – Sacerdote e autor jesuíta.
  • Ryan McAnnally-Linz – Investigador Associado de Investigação, Centro Yale para a Fé e a Cultura.
  • Scot McKnight – Professor de Novo Testamento, Seminário do Norte.
  • Padre Jonathan Morris – Sacerdote católico.
  • Candida Moss – Professora de teologia, Universidade de Birmingham (Reino Unido).
  • Rev. Dr. Otis Moss III – Pastor Principal da Igreja de Cristo da Trinidade Unida.
  • Michael Peppard – Professor Associado em Novo Testamento, Estudos Cristãos Iniciais, Religião e Vida Pública, Universidade de Fordham.
  • Reverendo Gabriel Salguero – Pastor e Presidente da Coalizão Evangélica Nacional Latina.
  • Stephen Schneck – Professor Associado de política, Universidade Católica da América.
  • Simon Sebag Montefiore – Historiador e autor.
  • Reverendo Shively Smith – Professor assistente de Novo Testamento, Escola de Teologia da Universidade de Boston.
  • Pastora Susan Sparks – Pastora, comediante e autora.
  • Miroslav Volf – Fundador e Diretor do Centro de Fé e Cultura de Yale e Professor de Teologia, Escola de Divindade da Universidade de Yale.
  • Ben Witherington III – Professor de Novo Testamento para Estudos de Doutorado, Seminário Teológico de Asbury.
  • Annette Yoshiko Reed – Professora Associada de Estudos Religiosos, Universidade de Nova York.

Eu Conheci Jesus

Sinopses dos episódios

Episódio 1 – JOSÉ
O Império Romano ocupa a terra da Judéia em um momento de grande turbulência, ao mesmo tempo em que um simples artesão chamado José enfrenta um teste de fé na pequena cidade de Nazaré, quando sua noiva Maria lhe diz que está grávida do Filho de Deus. José aceita a situação e promete amar e proteger seu filho Jesus de todos os perigos, incluindo Seu nascimento em Belém, a visita dos Reis Magos e a fuga para o Egito para escapar da morte a mando do enlouquecido Rei Herodes.

Episódio 2 – JOÃO BATISTA
Cerca de trinta anos após Seu nascimento, a vida de Jesus cruza com a de João Batista, um radical que pregava no deserto contra os governantes da Judeia, incluindo Herodes Antipas, filho do Rei Herodes. Inaugurando sua missão divina, João batiza Jesus, mas perde a própria vida, decapitado após um famoso conflito com Salomé, a enteada de Herodes Antipas.

Episódio 3 – MARIA
Maria, a mãe de Jesus, fica dividida entre proteger o filho e deixá-Lo cumprir Seu destino sacrificial quando for a hora, pois até que Jesus tenha trinta anos, só ela e José conhecem Sua misteriosa missão. Jesus faz seu primeiro milagre público a pedido da mãe na Festa das Bodas de Canaã. Mas à medida que a obra de Jesus se torna pública, Ele coloca sua vida – e a de sua família – em perigo crescente. Quando Jesus cura um homem no sábado em Cafarnaum, enfurece as autoridades e se coloca em uma encruzilhada.

Episódio 4 – CAIFÁS
Caifás, Sumo Sacerdote de Jerusalém e líder religioso do povo judeu, enfrenta o dilema entre preservar sua fé e enfrentar o poder repressivo de Roma ao ter que julgar a grande afronta que Jesus de Nazaré pode representar. A surpreendente ressurreição de Lázaro por Jesus marca uma reviravolta. Com medo de que Jesus possa provocar uma possível retaliação de Pôncio Pilatos, prefeito de Roma, Caifás decide que Jesus deve ser detido.

Episódio 5 – JUDAS ISCARIOTES
Judas é conhecido como o discípulo dedicado que no final trai Jesus, e seu nome até hoje é sinônimo de traidor. O que teria levado um dos amigos mais íntimos de Jesus a se voltar contra Ele continua sendo um dos grandes mistérios da Bíblia. Este episódio explora a entrada de Jesus e seus discípulos em Jerusalém para a Páscoa e o que se tornará a Última Ceia.

Episódio 6 – PÔNCIO PILATOS
Pôncio Pilatos, o governador romano da Judéia, tem de tomar uma decisão sobre o problemático pregador chamado Jesus. Quando a pressão aumenta para que Jesus seja executado, a esposa de Pilatos, inspirada por um pesadelo profético, pede que ele deixe Jesus em paz. Em vez disso, Pilatos permite que Ele seja crucificado, lavando as suas mãos publicamente de qualquer responsabilidade.

Episódio 7 – MARIA MADALENA
Curada de “sete demônios” por Jesus, Maria Madalena é uma das suas mais conhecidas seguidoras. Junto com Maria, ela testemunha o tormento da crucificação ao pé da cruz. Mas sua fé é recompensada ao ser a primeira a testemunhar o aparentemente inacreditável: a ressurreição de Jesus.

Episódio 8 – PEDRO
Um simples pescador, Pedro era o discípulo mais dedicado de Jesus, sua “rocha”. Mas Pedro se desespera quando, assustado, nega Jesus por três vezes durante sua prisão. No entanto, Jesus ressuscitado aparece a Pedro e o reabilita, ordenando que ele divulgue seu evangelho. Pedro assume essa missão, tornando-se talvez o mais importante dos discípulos de Jesus.

Eu Conheci Jesus

Download

Clique nos links abaixo e fala o download da 1ª Temporada (dublado) da minissérie da History Eu Conheci Jesus.

Fonte

O auxílio emergencial de R$600 não pode acabar!

Auxílio emergencial

Bolsonaro quer acabar com a renda básica emergencial de R$600 mensais e não podemos deixar isso acontecer. Como você sabe, em março nossa ação coletiva conseguiu aprovar esse auxílio emergencial contra a vontade do presidente. Só que agora ele pretende reduzir o valor para R$300 e manter apenas até agosto, independente da situação sanitária e econômica do país.

Essa é uma medida inaceitável, já que todos sabem que, infelizmente, a crise sem precedentes que vivemos deve durar muitos mais meses. A renda básica emergencial é a única coisa que tem garantido comida na mesa a milhões de famílias. Precisamos agir rapidamente novamente para mostrar aos deputados e senadores que a vida e a dignidade de milhões de pessoas depende do auxílio emergencial.

Juntos podemos garantir a continuidade de uma renda básica a todos que precisam: envie seu recado ao Congresso Nacional e mostre que você quer a aprovação de uma nova lei que garanta a continuidade da Renda Básica Emergencial no valor de R$600 até o fim da crise gerada pela pandemia: www.rendabasica.org.br.

Clique aqui para pressionar!

Um abraço cheio de esperança.

 

A política de dois pesos e duas medidas da Prefeitura de Ilhota

Água Mineral bombona de 20 litros

Então… quando a coisa pública é para favorecer uma certa fatia da população e uma classe da sociedade que recebe inúmeros incentivos, a coisa é pra já, para ontem. Se publica, se dá relevância, usam todo o poder e o mecanismo da máquina para favorecê-los. Agora, quando a coisa é para o povão, para o trabalhador, algo que beneficia toda coletividade e aos menos favorecidos, pessoas que vivem as margens tudo isso aí, o negócio é diferente, que se lasquem, cada um tem que se vira nos 30. Não se pode dar o peixe, dizem eles, tem que ensinar a pescar e até mesmo para ensinar a pescar, dá muito trabalho para esse governo.

Aguardei 10 dias após a publicação da Resolução Nº 1/2020 da Águas de Ilhota, publicado na edição Nº 3160 do DOM em 3 de junho para falar sobre isso e ver se a Prefeitura de Ilhota ou a própria autarquia Águas de Ilhota iriam se mexer, fossem dar nota, noticiar essa vantagem que favorece o povo que sem sofrendo com péssima qualidade da municipalização da água, mas não. Nenhuma postagem no site da Prefeitura Municipal de Ilhota, nem da Águas de Ilhota, nem no Facebook, nem no Instagram, em lugar nenhum. Está claro para quem esse governo joga.

Mas o que essa Resolução tem de tão importante? Por razões do Decreto Nº 556/2020, que declarou Ilhota em situação de emergência pelo período da estiagem, e que o acesso à água potável é direito de todos, a Águas de Ilhota irá promover a distribuição de bombona de 20 litros para abastecimento de água potável para população de baixa renda. É isso… benefício para povo. Mas se você não lê e não acompanha as publicações do Diário Oficial, tudo isso passa por despercebido e quem deveria ser beneficiado, fica tomando água salgada. Facilitar a vida das pessoas também é um compromisso da prefeitura.

Depois dessa chuva que amenizou um pouco a situação da água, não sei se a Portaria tem ainda a sua validade, ao menos, não vi nenhuma revogação. Mas se você está cadastrado no CadÚnico, procure a Prefeitura de Ilhota, a Águas de Ilhota ou quem sabe o CRAS e faça valer o seu direito. O Decreto que declarou situação de emergência no município de Ilhota por causa da estiagem, vai até 19 de outubro.

Para afirmar que não estou falando nenhuma asneira, segue o link da publicação: https://bit.ly/3cRrnWp.

#FoiPorTióIlhotaQuerida

Assine a carta pública contra o racismo e a violência policial

George Floyd

Essas foram as últimas palavras de George Floyd, um homem de 46 anos que morreu nos Estados Unidos enquanto um policial o imobilizava no chão, ajoelhado sobre seu pescoço por quase 9 minutos:

Cara, meu rosto
Eu não fiz nada grave
por favor
por favor
por favor, eu não consigo respirar
por favor, cara
por favor, alguém
por favor, cara
Eu não consigo respirar
Eu não consigo respirar
por favor
(inaudível)
cara, eu não consigo respirar, meu rosto
sai de cima
Eu não consigo respirar
por favor (inaudível)
Eu não consigo respirar, droga
Eu vou
Eu não consigo me mexer
mãe
mãe
Eu não consigo
meu joelho
meu pescoço
eu vou morrer
eu vou morrer
Me sinto claustrofóbico
meu estômago dói
meu pescoço dói
tudo dói
alguém me dê água ou algo
por favor
por favor
eu não consigo respirar, policial
não me mate
cara, eles vão me matar
por favor
Eu não consigo respirar
Eu não consigo respirar
eles vão me matar
eles vão me matar
Eu não consigo respirar
Eu não consigo respirar
por favor, senhor
por favor
por favor
por favor, eu não consigo respirar”

Então ele fechou os olhos e as súplicas pararam. George Floyd foi declarado morto pouco tempo depois.

Neste momento, nós temos uma escolha. Essa pode ser apenas mais uma morte trágica nas mãos da polícia estadunidense ou pode ser a hora da mudança.

Somos um movimento com mais de 60 milhões de pessoas. Se todos nos posicionarmos, nosso grito será ensurdecedor. Então vamos erguer nossas vozes e nos unirmos a todos que clamam pelo fim dessas mortes racistas, pressionando aqueles que estão no poder a fazer o mesmo.

Assine esta carta aberta com apenas um clique. Quando ela estiver gigantesca, a Avaaz irá publicá-la nos principais jornais dos EUA e em sites em todo o mundo. Que ela seja um hino para acabar com os assassinatos e honrar todos aqueles que já perdemos.

Avaaz!